quinta-feira, 21 de abril de 2011

Le tic-tac de ma vie

Não tenho mais tempo! Na verdade, tenho tempo demais. A semana - de sete dias - ganhou novos lindos dois dias ainda sem nome. Alguém se dispõe a nomeá-los? Não?! Foi o que imaginei... é muita responsabilidade.
Mas como eu ia dizendo: a semana com dois novos lindos dias... não fez muita diferença, pois continuo sem tempo. Tenho tempo sim quando estou esperando o ônibus, dentro do ônibus, no congestionamento e de novo esperando o ônibus e de novo dentro do ônibus e de novo no congestionamento. É algo impressionante me sobra muito tempo nesses lugares e nessas situações. No entanto, me falta tempo pra cuidar de mim, do blog, dos meus amigos e da família... se ao menos o ônibus demorasse um pouquinho menos a chegar; se o seu percurso não foi tão cheio de zig-zag... ah sim, ainda temos de lembrar das pessoas que dirigem mal, essas congestionam o meio do caminho (viu, Drummond? Não era uma pedra, eram as pessoas que dirigem mal).
Na sala de aula: o tempo voa. Dormindo não há tempo, já acordei. Para comer mastigando 100 vezes já engoli a comida e as notícias que recebo são passadas, breves... E os dois lindos dias que a semana ganhara se vão indo...esvaziando de minutos.
Já encomendei no Mercado Livre o meu teletransporte, o vendedor falou que a mercadoria estava em falta, mas assim que ele a tivesse novamente, me enviaria. Me resta aguardar o ônibus enquanto eu não aprendo a voar.
Postar um comentário