quarta-feira, 24 de julho de 2013

Dominguinhos

O forró hoje tem voz de luto.
De melancolia com sabor de Lua Cheia.
Um céu limpo, mas cheio de estrelas.
Dominguinhos descansou.
Sua sanfona não mais nos encherá a alma de alegria,
nem os salões de poeira.

A memória é viva.
Viva e cheia de saudade.
E a música Dominguinhos
sempre será cantada.
Viva o Nordeste!

#VivaDominguinhos!

Obrigada, mestre!
Postar um comentário