sábado, 2 de junho de 2012




Silenciou o olhar assustado
a minha boca rubra
Desejo
Amor
Ódio
ou Medo
E num tom de dor e ternura
Seu olhar me sorriu sossegado
Postar um comentário