quarta-feira, 8 de setembro de 2010

(...indecisão)


porque não está escuro demais
nem muito claro
talvez não esteja nem uma meia luz
um tom de entardecer... quem sabe?

porque não é muito branco
nem muito preto
talvez nao seja nem um tom de cor
um furta cor, talvez... quem sabe?

e as coisas vão assim
sem se fixar em suas metades
nem em suas extremidades
talvez se beijem em suas margens
na manhã que arde, talvez
ou na noite que vai tarde

(08.09.2010)

Postar um comentário